DOCUMENTO VAZADO PROPÕE A LEGALIZAÇÃO DA EXPLORAÇÃO

“É fundamental a aprovação de uma legislação nova”, diz o documento, “que afaste – definitivamente – as supostas controvérsias em torno da existência de vínculo empregatício entre trabalhadores e plataformas” (…).

Com essas palavras, um documento apresentado na última reunião do Grupo de Trabalho, em Brasília, assinado pela associação que defende os interesses das empresas de aplicativos, quer aproveitar a brecha da discussão regulatória no Congresso Nacional para isentá-las de qualquer responsabilidade sob o aspecto trabalhista em território brasileiro.

Na prática, as empresas querem se aproveitar da discussão para se eximir juridicamente de suas responsabilidades. Estamos acompanhando atentamente todas as notícias deste debate, e conforme já havia lhes adiantado, encaminhamos o relatório final da 05 com todas as denúncias que apuramos nesses 14 meses de investigações, para que possa servir de base em alguns pontos da discussão.

Com nome pomposo para empulhar a opinião pública, a chamada ‘gig economy’ talvez seja o maior embuste do século 21! Na prática, é uma fraude financiada pelo dinheiro de investidores que subsidiam o modelo insustentável em busca do monopólio global de negócios!

Assessoria Adilson Amadeu

Deixe uma resposta