VAMOS INVESTIGAR TUDO! 

(…) Na pauta da reunião desta terça, a quinta reunião ordinária da CPI, os vereadores se debruçaram sobre a precarização do serviço de plataformas de entrega digitais na vida dos trabalhadores, além de discutirem normas de saúde e segurança que regem o trabalho dos entregadores.

Ainda na reunião desta terça-feira, dois requerimentos foram aprovados pela CPI dos Aplicativos. O primeiro convida representantes da empresa 99 a prestarem esclarecimentos à comissão. Já o segundo pede à Câmara a contratação de uma consultoria externa para analisar as informações levantadas no âmbito das investigações do colegiado.

“O que a CPI está mostrando, com base em depoimentos de agentes públicos e através da coleta de dados, é que a Prefeitura não possui nenhum poder de atuação sobre os aplicativos, seja na questão da fiscalização ou no controle de dados enviados pelas empresas, que por sinal são autodeclaratórios. Ou seja, as empresas estão pagando pelo quilômetro rodado com base em algoritmos que a Prefeitura não tem acesso. Este é mais um indício de sonegação fiscal que a comissão precisa apurar com minuciosidade”, explica o presidente da CPI, vereador Adilson Amadeu (DEM) (…).

SAIBA MAIS AQUI >>> https://www.gazetasp.com.br/…/1100281-cpi-dos…

 

Assessoria Adilson Amadeu

Deixe uma resposta