Publicado novo modelo de concessão do SPTAXI

Conforme publicado no Diário Oficial da Cidade nesta quinta-feira, 26 de agosto de 2021, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito, por meio da Secretaria Executiva de Transporte e Mobilidade Urbana – SMT/SETRAM comunica que está abrindo Consulta Pública para “colher subsídios que poderão contribuir na elaboração da versão final do Edital, relativo à concorrência destinada a contratação de empresa para autorização da transferência do programa SPTáxi”.

A licitação para a prestação de serviços especializados de gerenciamento, operação, evolução e manutenção do aplicativo será realizada na modalidade Concorrência, do tipo técnica e preço, pelo prazo de 60 meses, com custo estimado R$ 75,27 milhões.

JUSTIFICATIVA – Na publicação no Diário Oficial desta quinta (26) a prefeitura justifica a licitação, afirmando que a nova contratação objetiva contribuir para o melhoramento do ambiente tecnológico que encontra-se inserido no aplicativo SPTáxi. A melhoria do app “aumenta a oferta do serviço na Cidade de São Paulo, com preços mais atraentes, assim como, proporciona uma opção de aplicativo aos profissionais taxistas, com valores inferiores aos cobrados pelos demais aplicativos existentes”, informa a prefeitura.
A empresa gestora do aplicativo acabou virando alvo do vereador #Adilson Amadeu (DEM), que vinha defendendo o cancelamento do contrato e a escolha de uma nova empresa para assumir a plataforma. Representante na Câmara dos taxistas, Amadeu foi um dos que mais estimulou o lançamento do SPTáxi, com o objetivo de combater outras ferramentas como Uber e 99 (…).

Saiba mais clicando aqui

assessoria

Deixe uma resposta