SP começa a vacinar idosos com idade entre 80 e 84 anos em 1º de março

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou na tarde desta quinta-feira (18) a criação de duas novas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) na casa.

Ao propor a CPI para investigar os aplicativos, Adilson Amadeu (DEM), cuja a base de apoio é formada principalmente de taxistas da cidade, justificou a necessidade de “verificar se as empresas estão cumprindo as exigências legais, bem como prestando um serviço adequado aos munícipes”.

Ele também apontou a necessidade de se investigar supostos indícios de “evasões fiscais” e “sonegação de impostos” por parte das empresas, por causa do que ele chama de “ausência de detalhamento de informações repassadas aos consumidores usuários acerca do que são de fato repassadas ao motorista condutor como remuneração do valor das corridas, indicando o desconto direcionado ao pagamento de impostos”.

O vereador do DEM também justificou que a CPI vai investigar “a segurança dos usuários, motoristas e passageiros, diante da constante e crescente ocorrência de roubos e homicídios, com fortes indício de negligência das OTTC’ em realizar o mínimo de verificação acerca dos usuários da plataforma bem como filtrar e bloquear a criação de contas falsas” (…).

Saiba mais clicando aqui

assessoria

Deixe uma resposta