Utilidade Pública

(…) O governo federal abriu novos prazos de contestação para pessoas que tiveram o auxílio emergencial negado, cancelado ou bloqueado.

São três as situações em que o cidadão poderá solicitar a revisão do pedido ao longo do mês de dezembro. O primeiro caso é quem teve a extensão de R$ 300 do benefício cancelada.

A segunda situação em que pode ser solicitada a contestação é para quem teve o auxílio emergencial de R$ 600 (ou R$ 1.200, no caso de cota dupla) cancelado pelo Ministério da Cidadania devido a indícios de irregularidades identificados pelos órgãos de controle.

Por último, está o cidadão que foi considerado inelegível a receber a extensão de R$ 300 do auxílio emergencial por não atender aos novos critérios de recebimento do benefício (…).

Saiba mais clicando aqui

assessoria

Deixe uma resposta