No dia da consciência negra, uma reflexão! No domingo, pude comemorar meus 70 anos com amigos no Pacaembu. E para minha surpresa, reencontro com o ex-jogador Adalberto, que passou por grandes clubes nas décadas de 60 e 70 e hoje tenta superar as adversidades recolhendo latas pelas ruas da cidade. Entre algumas confidências sobre sua vida, me prontifiquei a ajudá-lo.

Que neste dia de conscientização sobre as agruras do povo negro, possamos refletir sobre os tristes exemplos que nosso cotidiano duramente nos concede e sobre como podemos oferecer oportunidades iguais para todo o povo brasileiro.

assessoria

Deixe uma resposta