SPTaxi – Os Desafios para 2020

A ferramenta exclusiva da categoria está prestes a passar por uma nova etapa de consolidação e expansão na capital paulista, em um projeto que inclui a concessão da gestão e administração da plataforma sob a promessa de uma nova fase de retomada da dignidade da Profissão Taxista. O processo licitatório está previsto para o próximo dia 21.

Na prática, a Prefeitura concede a gestão da plataforma a uma empresa pelo período de um ano, ao menor percentual de taxas possíveis para o profissional (ou ainda sob a exploração de anúncios publicitários aos usuários). Mas continua com voz ativa na tomada de decisões e pode interferir, caso haja algum desequilíbrio no meio do caminho. E com a garantia de que o selo continua sendo de exclusividade do poder público. De minha parte, como parlamentar e defensor da categoria, eu estarei atento a todo esse processo e cobrando melhorias constantes para a categoria. Por mais que alguns tentem tumultuar esse processo.

Enfim, quem tem tudo para ganhar é a cidade. Em 20 meses de funcionamento, a plataforma já ultrapassou a barreira de um 1,5 milhão de corridas realizadas, gerando uma economia de mais de R$ 2 milhões para os taxistas paulistanos, se comparado às plataformas concorrentes mais utilizadas, que cobram taxas que variam de 10 a 15% e considerando o ticket médio por corrida (pouco acima de R$ 20). E os números, que são motivo de comemoração, também chegam aos usuários com descontos que chegam a até 40%.

E agora estamos prestes a passar para outro patamar. Como sempre destaquei, aos poucos a versão paulista ganharia novos aprimoramentos em sua interface para melhorar e otimizar ainda mais a plataforma. O app paulistano completou sua fase de ajustes operacionais e, a partir de agora, deve passar a sua segunda etapa – ainda mais crucial – o da maturação. Incluindo aí, a divulgação e a consolidação da marca entre os usuários paulistanos. E também da implantação do pagamento corporativo, algo que irá alavancar ainda mais a plataforma, com a possibilidade de parcerias empresariais.

Isso também requer tempo e paciência, porque marca e projeto algum nascem prontos. Eles são adequados e construídos ao longo do tempo e dos dias, juntamente com o atendimento e o produto que oferecemos aos nossos consumidores.

É aí que entra o papel fundamental do taxista, de se qualificar e oferecer o melhor serviço possível através do aplicativo que nasce com o propósito de ser exclusivo da categoria e #libertador em sua essência.

Inegável destacar que ainda temos um longo caminho a percorrer para que consigamos alcançar o patamar desejável em termos de competitividade de mercado. Mais importante ainda é ressaltar o ganho ao consumidor paulistano, que possui mais uma ótima opção disponível para se locomover pela cidade. Isso sem falar no enorme ganho em base de dados do poder público que pode se valer da plataforma para propor soluções inovadoras em mobilidade urbana em diversos aspectos.

Volto a frisar, como todo projeto em implantação, o app SPTaxi não chega embalado e finalizado. Ele está sendo construído cotidianamente, dia após dia, em cada atendimento de excelência realizado por um taxista nos quatro cantos da capital paulista. E é com essa mentalidade que devemos construir a reputação e a credibilidade que tanto almejamos atingir com o SPTaxi.

🚨 *Lembre-se, o sucesso do SPTaxi também depende de você!* 🚨

👉👉👉Links para download:
Google Play: https://bit.ly/2GuXzzH (passageiro)
Apple Store: https://apple.co/2LsgrFf (passageiro)

⚠Vamos fazer nossa parte agora!⚠
👉+ Divulgação para passageiros
👉+ Atendimento qualificado
👉+ Descontos para fidelizar clientes

assessoria

Deixe uma resposta