Indústria da multa: ela existe!

trans

Há mais de 10 anos realizo campanhas de educação de trânsito e já distribuímos milhares de cartilhas com dicas para um trânsito mais seguro.  Sempre estranhei a falta de investimento na educação dos cidadãos  para reduzir a violência no trânsito.

Os recursos  gerados com multas , só no ano passado, chegaram perto de R$ 1 milhão e o que observamos é o aumento de radares para gerar mais multas. Não se investe em “sinalização e controle inteligentes” do tráfego.  O locais onde são instalados os equipamentos de fiscalização, em muitos casos, mais parecem pegadinhas.  Não é por acaso que temos radares campeões de multas. Todos tratam da infração, mas não da sua causa. Não seria hora de investigar isso? 

Acidentes de trânsito ocorrem por inúmeros motivos, a velocidade é um deles. É natural que ela seja reduzida em alguns locais, mas não se justifica em algumas vias expressas.  Para os excessos  existem  radares.   Falta no entanto uma sinalização melhor e a orientação  de agentes que simplesmente  desaparecem fora dos horários de pico.

Nossa luta é por mais   mais educação de trânsito através de campanha  em meios de comunicação e nas escolas, e em parceria com empresas; investimento  no controle de tráfego inteligente e pesquisa sobre a causa dos excessos.

assessoria

Deixe uma resposta